sexta-feira, 13 de julho de 2012

Em modo: Florbela Espanca

Estou assim, com espírito de Florbela Espanca, cansada, deprimida sem saber o que quer.


"O meu mundo não é como o dos outros,

Quero demais, exijo demais,
Há em mim uma sede de infinito,
Uma angústia constante que nem eu mesma compreendo,
Pois estou longe de ser uma pessimista;
Sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada.
Uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade... Sei lá de quê!"

in Florbela Espanca

7 comentários:

As minhas manias disse...

Adoro Florbela Espanca!! x)

Ca Duducha disse...

As vezes nos sentimos assim, meio sufocada pelos nossos tormentos... Mas nunca se esqueça que o sol sempre volta a brilhar depois das tempestades...
Você não está sozinha!
Conte comigo para o que precisar!

Um abraço de ursa!

alutadeduducha.blogspot.com

Joana disse...

Olá Tulipa!

Às vezes temos dias assim, em que andamos deprimidos e mais em baixo. Mas são isso mesmo: dias ;) Amanhã vai ficar tudo bem :)

Beijinhos e tem uma óptima noite :D

Palco do tempo disse...

Bom fim de semana :)

Ana disse...

Eu acho que estou assim todos os dias.

Monika Kardoso disse...

Sinto isso tb sempre com o esirito inquieto, nunca descansada!

MC- Maria Capaz disse...

VEjo-me nas palavras dela .