quarta-feira, 23 de abril de 2014

Mulheres de Abril!

Quem tem visto a serie Mulheres de Abril, que estreou na RTP1?
Eu tenho seguido e estou encantada.
A série,  trata de um "antes" e de  um " depois" do 25 de Abril de 1974, centra-se na personagem Ana que comemora 40 anos no dia 25 de Abril de 2014 e durante o seu jantar de aniversário, ela vai recordando várias histórias da sua vida, bem como das suas amigas e familiares.
A minisserie trata fundamentalmente da evolução da condição feminina.
Eu estou encantada, está muito bem feita,  recomendo e não vou perder um episódio.


16 comentários:

Andreia Morais disse...

Só consegui ver ontem um bocadinho, mas do pouco que vi achei mesmo interessante

Beijinhos*

mmm´s disse...

Apenas vi o primeiro episódio... Gostei mas não tenho tido tempo para acompanhar a série!

Hibiscus disse...

Não conhecia :)

Dora disse...

Por acaso não vi mas deve ser muito interessante, tal como todas as séries deste género, da RTP.

Magda Carvalho disse...

Ainda não vi apenas vi o trailer :)

http://retromaggie.blogspot.pt/

Opinante disse...

Vi o segundo episódio e gostei, mas queria acompanhar tudo :(

Flor Guerreira disse...

Não vejo. Mas eu quase que podia ser ela. Só que faço 41.

Flor de Maracujá disse...

Nunca vi :)
Beijinhooo*
www.flordemaracuja.pt

leonor a disse...

Sinceramente não me cativou muito, achei mesmo que não correspondeu às minhas expectativas :(

leonor in wonderland ♥

Skyline Spirit disse...

pretty nice blog, following :)

Pipoca Arrumadinha disse...

Acho engraçada!

Blackbird disse...

Infelizmente não vi, nem tive conhecimento da série :s

Cristina Oliveira disse...

Não tenho acompanhado mas acho bastante interessante! Vale a pena ver, pode ser que mais tarde o possa fazer. :)

estrela disse...

não sabia de nada, a que horas dá?
vou ser no site da RTP!

Lilá(s) disse...

Ok, não vi ainda mas já que recomendas vou tentar não esquecer
Bjs

A Pimenta* disse...

Confesso que não tenho acompanhado a série, mas há histórias muito boas a passar na estação pública. Eu pessoalmente adoro séries históricas, pena que o tempo não seja muito para me dedicar a isso.