sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Curvas na Vogue!

Fico muito contente em saber que o tempo das modelos magricelas e anorécticas está a passar, li hoje isto na Notícias Magazine que saiu no domingo passado.
Nesta notícia falava, daVogue italiana de Junho que deram destaque a mulheres com anca, rabo, mamas, cheias de curvas mas sensuais e com elegância e foi um verdadeiro sucesso.
 E tem mais, a miss Itália 2011 vão considerar jovens que usam um 38 e 40, que lêem pelo menos três livros por ano e jornais todos os dias, vão dar valor à simplicidade e cultura de cada candidata.
Pois bem, eu  realmente não sabia destes acontecimentos e  fiquei  muito surpreendida e contente, principalmente pelo fato de ser como elas, uso um 40, que vai ser considerada uma das medidas ideais. Concordo e apoio esta iniciativa em que se dá valor ao lado cultural e aos estudos de cada uma, queremos uma miss que represente uma mulher real com os seus defeitos físicos mas ao mesmo inteligente.


Agora estou é a pensar em mandar-me para Itália lá pelo menos posso concorrer a miss, ser modelo fotográfico e ser capa de revista.

9 comentários:

Carolina* disse...

Eu acho que é uma óptima reviravolta no mundo da moda! As mulheres reais não vestem 32 [embora as modelos também sejam mulheres reais que simplesmente se deixaram "levar" por esse mundo em que a magreza extrema é boa]. Vestem 36, 38 e 40 ou mais! Não deveriam ser consideradas "menos elegantes" por isso! É que, para ser sincera, um "saco de ossos" nunca me parece muito bem...

Eu sou uma Amendoa disse...

Túlipa, o teu comentário no meu blog deixou-me um pouco apreensiva... Está tudo bem contigo? Espero que sim, se não estiver, espero que as coisas melhorem consideravelmente.
Quanto ao teu post, acho que está cheio de boas notícias. É fundamental que os media comecem a mudar a sua atitude perante o conceito magreza=beleza, visto que se não forem eles, o Mundo também não muda a sua mentalidade. Eu própria não gosto de ver mulheres muito magras, mas sei que me sinto muito mais confortável quando consigo caber no 32 ou no 34 do que 36... Parece contraditório, mas a verdade é essa - nós mesmo que não concordemos com os padrões de beleza contemporâneos, estamos sempre, obviamente, mais seguras se fizermos parte deles.
Kissy kissy

Pipoca disse...

A moda é sem dúvida um grande padrão que todas as mulheres, de uma forma ou de outra tentam seguir. Eu sou magra e visto sempre 32 ou 34, claro que o padrão não deve ser as mulheres serem todas uns paus, mas a gordura em excesso não é bonito e não faz bem, assim como a magreza extrema. Acho importante arranjar-se um meio termo para que os padrões não sejam sempre mulheres magrissimas.
Beijinho

Ana FVP disse...

Finalmente as coisas começam a mudar!

Ana Cafum disse...

Acho muito bem!

Ivânia Santos (Diamond) disse...

Mulheres com curvas dão 10-0 a mulheres magras :D
Oba, eu emagreci e quero tanto, mas tanto voltar ao meu peso de sempre. Não quero nunca baixar do 38 :)


xoxo*
www.ivaniadiamond.com

Junto à Janela disse...

Já não era sem tempo!
Vamos ver é se "vem para ficar".

Palco do tempo disse...

ainda bem, finalmente :)

Daniela Gaspar disse...

E estas são muito mais bonitas não é vero? :) eu sou um bocado magra demais , mas já ando a melhorar (a engordar) moderadamente! não gosto de ver ossos! yakk!!!